Rocket Comunicação

Conseguir novos negócios e se posicionar no mercado de maneira assertiva não é uma tarefa fácil, ainda mais se você está começando. Mas, não desanime até mesmo para escritórios de advocacia já consolidados, esse é um desafio diário.Esse desafio se torna ainda mais “árduo” por conseqüências das limitações publicitárias imposta pelo o Código de Ética da OAB, inclusive restrições que podem influenciar até mesmo na criação do logotipo, marca e cores.

Essas restrições fizeram com que o marketing jurídico ganhasse fama de ser proibido, o que não é verdade. O que acontece em muitos casos é a falta de valorização e apreço pela a área do marketing (espelho do seu negócio), atrelado a grandes demandas operacionais e gestão, por conseqüência impedindo o crescimento exponencial ou segmentado do escritório. Agora, vamos compartilhar algumas dicas para você iniciar o marketing jurídico e traçar algumas estratégias para essa área no seu negócio.

Cultura Organizacional

Não é à toa que esse é o primeiro tópico de maneira muito simples, você precisa saber com clareza a essência do seu escritório de advocacia, a velha e conhecida missão, visão e valores tão batida e pouco dada à verdadeira importância, são elas que te direcionar e te manterá firme diante de tantas direções que o dia-a-dia te apresentará.

Áreas de Atuação Jurídicas

Também é importante que a sua área de atuação esteja definida, afinal será um dos fatores que impactará diretamente na estratégia e comunicação do marketing. Para quem está começando, empenhar-se em um segmento ou nicho é muito melhor do que tentar atender a todos de forma simultânea, isso faz com que você ou o seu escritório se torne especialista e referência em um determinado assunto ou segmento.

Defina o seu cliente ideal

É baseado nas características dele que você irá traçar as estratégias de marketing. Todas as produções de conteúdo e gatilhos devem ser voltados para as pessoas que realmente estejam interessadas nos serviços jurídicos. Isso faz com que sua comunicação seja mais efetiva, impactando pessoas que realmente estejam precisando dos serviços que você disponibiliza, dispensando os curiosos de plantão.

Site para Advogados

Tenha um site, obviamente que um escritório de advocacia não terá uma loja online onde os serviços serão vendidos, mas isso não quer dizer que não deva ter presença profissional na internet. É importante considerar que, num contato inicial com um provável cliente, a impressão causada pelo site do escritório de advocacia pode impactar positivamente, afinal dificilmente alguém negocia com uma empresa sem antes visitar o site.

Redes sociais para advogados

As estratégias de marketing em redes sociais não são proibidas na esfera jurídica. Conforme indica o provimento 94/2000 da OAB. Em outras palavras: o advogado pode investir em estratégias de mídias sociais, desde que as postagens tenham teor exclusivamente informativo, e não comercial. Por tanto, use!

Marketing Jurídico alinhado aos objetivos do escritório

Todos os pontos anteriores devem estar alinhados com os objetivos finais do escritório ou no seu caso você seja autônomo. Manter o marketing sempre alinhado sobre estratégias e objetivos do negócio faz com que a área se empenhe em alcançar os resultados da forma mais eficiente e rápida possível.

Marketing Jurídico

Para desmistificar que o marketing para profissionais de Direito é proibido, queremos esclarecer que além de permitir a publicidade em serviços de escritórios de advocacia, a Ordem dos Advogados do Brasil ainda deixa em evidência isso no Código de Ética e Disciplina. É reservado um capítulo todo apenas para abordar sobre o assunto em questão. Por meio do provimento 94/2000 da OAB, que dispõe sobre a publicidade, propaganda e a informação da advocacia.

Queremos com esse artigo lhe mostrar que existem infinidades de ações no Marketing Jurídico para potenciar o seu escritório de advocacia, de maneira ética, elegante e alta performance.

Deixe uma resposta

Your email address will not be published.

Designerpart Designagentur
Designerpart Designagentur
Designerpart Designagentur
Designerpart Designagentur
Designerpart Designagentur
Designerpart Designagentur